Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

Noções de Segurança da Informação para Times de Desenvolvimento Web – Parte 2

Na primeira parte de noções de segurança da Informação, tentamos definir tanto o que é um ataque como traçar as motivações por trás de um, além de introduzir o tema de Injections, com um foco em sql injections. Desta vez, vamos focar menos na parte técnica e mais na camada humana. O objetivo nesta segunda…

Continuar lendo

Fluxo Unificado: Perspectiva de um Desenvolvedor – Ações

A transição para o Fluxo Unificado apresentou diversos desdobramentos. Várias ações ocorreram em paralelo e encaminharam a operação para o seu funcionamento atual. Listo aqui as mais notáveis para a equipe de desenvolvimento. Equipe Única Aos poucos, as equipes que existiam dentro da Taller foram se aglutinando em uma equipe única. Mas isso não aconteceu…

Continuar lendo

Noções de Segurança da Informação para Times de Desenvolvimento Web – Parte 1

A imagem de hackers como pessoas extremamente habilidosas que tomam energético, ouvem The prodigy e que estão sempre de capuz preto pode surgir e criar um mau entendimento sobre o que é segurança de sistemas. Essa imagem idealizada faz com que tentativas de ataques sejam vistas como monstros implacáveis que só equipes de segurança com…

Continuar lendo

REST vs GraphQL – Parte 2 – Principais conceitos do GraphQL

Fala, galera! Na primeira parte desta série de postagens, exploramos alguns cenários hipotéticos bem simples, a fim de demonstrar algumas limitações que a abordagem REST pode apresentar, como por exemplo, servir dados para aplicações rodando em dispositivos diferentes. Nesta segunda parte o nosso foco será apresentar, de maneira simples e objetiva, os principais conceitos do…

Continuar lendo

Desmistificando Interpretadores – Parte 3

No post anterior aprendemos o que são os grammars e como funciona um recursive decent parser usando apenas as operações de adição e multiplicação. Agora que temos uma boa base, podemos continuar a implementar os próximos operadores. Desmistificando Interpretadores – Parte 1 Desmistificando Interpretadores – Parte 2 Subtração e Divisão Como disse antes, usamos apenas…

Continuar lendo

Desmistificando Interpretadores – Parte 2

Desmistificando Interpretadores – Parte 1 Análise Sintática Essa etapa também é conhecida como parsing, e é a segunda fase do nosso interpretador. É aqui que vamos analisar os tokens produzidos no lexer, que vimos na primeira parte desta série, para construir uma árvore sintática abstrata (ou como é mais conhecido, AST, do inglês Abstract Syntax…

Continuar lendo