Utilizando gestão visual na contratação

Precisamos contratar um(a) novo(a) colaborador(a). Essa frase certamente não é nenhuma novidade para qualquer empresa: só mais um processo como tantos outros. Chama o RH ou a Gestão de Pessoas, o time de Recrutamento e Seleção, ou aquela consultoria bacana e toca ficha! O que não faltam são profissionais super capacitados para fazer isso acontecer….

Continuar lendo

Aprendendo a criar e entender um CFD

Olá! CFD é uma sigla do inglês para Cumulative Flow Diagram. Em tradução livre, Diagrama de Fluxo Cumulativo, o que significa que todo seu acompanhamento será feito incrementando os dados a cada dia que se passa. Este artigo está destinado a pessoas que querem aprender de forma bem sucinta e objetiva a como aplicar um…

Continuar lendo

Série: o analista de negócios – por Helal Ferrari

Análise de negócio e um assunto que nosso taller Helal Ferrari respira dia e noite. Como muitas das discussões que acontecem na comunidade de gestão partem do pressuposto que as siglas e termos técnicos já são conhecidos, novo integrantes acabam encontrando dificuldades para acompanhar as conversas e conteúdos sugeridos. Para facilitar os estudos dos nossos…

Continuar lendo

Atomic Design no contexto de um time ágil

Em junho de 2013 o front-end designer Brad Frost publicou em seu blog um texto chamado Atomic Design. Este texto propõe um nova maneira de construir interfaces digitais, e não é exagero dizer,  revolucionou o trabalho de designers e desenvolvedores pelo mundo todo. We’re not designing pages, we’re designing systems of components. — Stephen Hay…

Continuar lendo

Usando os números para enxergar impactos de contratação

Os números Se existe algo na Taller pelo qual temos obsessão doentia é pelos números. É comum estarmos trabalhando em um conjunto de dados e gráficos e passar alguém e dizer: – Legal isso, vão usar para quê? E respondemos – Não sabemos, vamos ver se será útil depois de pronto. E a pessoa sai…

Continuar lendo

Retrospectiva com foco em solução de problemas

Não é só porque somos um time ágil que a vida é feita de flores. Por mais que a gente trabalhe num ritmo sustentável, buscando a melhoria contínua e com o horizonte sempre focado no lean, tem vezes que a coisa não anda. E aí, bem, as razões, desculpas e justificativas são muitas. Ninguém gosta…

Continuar lendo