Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

Aprendendo a criar e entender um CFD

Olá!

CFD é uma sigla do inglês para Cumulative Flow Diagram. Em tradução livre, Diagrama de Fluxo Cumulativo, o que significa que todo seu acompanhamento será feito incrementando os dados a cada dia que se passa.

Este artigo está destinado a pessoas que querem aprender de forma bem sucinta e objetiva a como aplicar um gráfico CFD em seu dia a dia. O objetivo principal aqui é mostrar como criá-lo e como conseguir visualizar alguns problemas comuns num fluxo de trabalho.

Antes de chegarmos neste gráfico é preciso saber se você já tem um fluxo de trabalho definido. E o que seria isso?

De forma bem objetiva, é o caminho por onde suas demandas percorrem até ficarem prontas. Veja um exemplo:

Backlog > Em desenvolvimento > Pronto

Com o fluxo de trabalho definido será necessário monitorá-lo. Para isso você pode utilizar uma ferramenta de planilha eletrônica ou papel e caneta.

Para efeitos didáticos, vamos criar um cenário fictício a partir de agora:

Empresa fictícia: Umbrela
Equipe da operação: 5 pessoas
Quantidade de semanas para entrega: 20 semanas
Escopo de trabalho: 50 demandas

A tabela abaixo mostra o decorrer de um projeto em 20 semanas.

Obs.: Perceba que em todas as colunas cada vez que uma demanda é puxada de uma coluna para outra a coluna que recebe tem seu valor incrementado. Basicamente é isso que você precisa fazer nesta etapa.

 

Tabela de 20 semanas de projeto.

 

Com o monitoramento efetuado, você pode plotar esses dados num gráfico, como este exemplo abaixo:

Gráfico CFD - 01

A partir deste gráfico vamos para segunda parte do artigo.

O que está acontecendo neste fluxo?

Antes de começarmos será preciso entender por agora dois termos básicos:

Trabalho em progresso (WiP – Working in Progress)
No nossos cenário o trabalho em progresso está representado na coluna em desenvolvimento.

Tempo de espera (LT – Lead Time)
É o tempo que uma demanda leva para transitar em todo seu fluxo de trabalho. No nosso caso o LT também está dentro da zona vermelha do gráfico.

Para entendermos melhor veja o próximo gráfico:

Gráfico CFD - com comentários

O que podemos perceber neste gráfico?

– A zona vermelha está larga;
– E também está com um comprimento bem extenso.

E o que isso significa?

A empresa Umbrela atualmente possui cerca de 5 desenvolvedores e se observarmos no CFD é possível perceber que entre as semanas {1,2,3} o WiP era de 5 ou seja 1 demanda para cada desenvolvedor. Suas entregas estavam em um bom ritmo – cerca de cinco demandas entregues por semana.

Porém, a partir da semana 3 em diante, o trabalho em progresso (WiP) começa a se alargar em um ritmo muito rápido, e, em consequência disso, o tempo de espera (LT) também aumentou.

Para saber o tamanho do trabalho em progresso de cada semana registrada pode ser feito a seguinte conta:

WiP = Em desenvolvimentoPronto

Com está subtração teremos o WiP de cada semana:

Tabela WIP

Observe que a partir da quarta semana os fluxo de produção das demandas saem do controle fazendo com que exista mais de uma demanda feita por pessoa.

Outra informação importante para análise é o tamanho do escopo. O crescimento do escopo é inevitável porém a gestão de expectativa do escopo é essencial para evitar quebras de expectativa com seu cliente.

Existem muitas outras informações para se aprofundar num CFD e isso será assunto para um outro artigo no futuro.

Baixar planilha com exemplo de CFD →

Espero que tenham gostado!
Utilize esse artigo para começar a praticar a sua observação do fluxo de trabalho!

 

 


***
Recado da Taller:
Criamos o Programa de Otimização da Gestão Ágil para quem quiser levar as práticas de eficiência de trabalho para dentro da sua empresa.

Conheça a Programa →

***